Micro-pâncreas; esperança para cura do diabetes começará a ser testado em humanos agora em 2021

 

Quem sofre com diabetes sabe que o tratamento e cuidados não são nada fáceis de seguir, pois são constantes, diários, quem faz uso de insulina por exemplo, chega a fazer entre duas ou três aplicações todos os dias.

As medicações orais também tem que ser tomadas todos os dias, nos mesmo horários, fora isso, o monitoramento precisa ser feito também, através do teste rápido ou exames laboratoriais.

Mas, o que mais deixa os pacientes chateados, é a restrição alimentar, e as consequências ou sequelas que a doença pode deixar no corpo do seu portador.

Por isso, nunca se torceu tanto por algo que trouxesse a cura como para a diabetes. A boa notícia é que a empresa Betalin Therapeutics está a desenvolvendo uma terapia inovadora para o tratamento da diabetes para substituir a insulinoterapia.

Qual é a relação da insulina com a diabetes? – Drogaria Santo Remédio

O tratamento que segundo Nikolai Kunicher, chefe-executivo da Betalin, começará a ser testada em humanos agora em 2021, envolve um micro-pâncreas, que tem uma tecnologia ainda mais avançada.

A Betalin informou ainda, que a terapia foi desenvolvida pelo professor Eduardo Mitrani, do Instituto de Ciências da Vida da Universidade Hebraica de Jerusalém, que adaptou o tecido pulmonar do porco, que contém células que libertam insulina com base nos níveis de açúcar no sangue do paciente.

Com uma anestesia local, o micro-pâncreas será implantado sob a pele da coxa do paciente:

“A nossa tecnologia exclusiva permite que o corpo se cure”.

Segundo dados da Federação Internacional de Diabetes, mais de 460 milhões de pessoas vivem com diabetes no mundo todo.

Fonte: JN

Escrito por Rose

What do you think?