Pazuello afirma que a vacinação começa em poucos dias; saiba quando você deverá ser vacinado

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, concedeu uma entrevista pra a TV Brasil que vai ao ar na noite do próximo domingo (27), às 19h30.

Durante a entrevista Pazuello, revelou que o Ministério da Saúde está trabalhado diuturnamente para que a imunização da população brasileira contra a Covid-19 seja realizada o mais rápido possível.

Eduardo Pazuello que há poucos dias atrás havia dito que não entendia o motivo de tanta ansiedade por causa da vacina, agora se mostra interessado em que a vacinação aconteça o quanto antes.

De acordo com as informações repassadas pelo portal de notícias online, ‘Último Segundo’, durante a entrevista Pazuello afirmou que a vacinação irá começar em janeiro para os grupos prioritários, como por exemplo, trabalhadores da saúde, idosos, pessoas com comorbidades, profissionais de segurança, indígenas e quilombolas, como já está previamente definido no ‘Plano Nacional de Vacinação’.

O ministro da Saúde, afirmou que a logística de distribuição das vacinas já está determinada e que o SUS (Sistema Único de Saúde), possui uma grande estrutura para fazer com que o imunizante seja distribuído para todas as cidades do país de forma igualitária.

A vacina será gratuita, Eduardo pediu para que as pessoas confiem no SUS pois é um sistema robusto e que já tem experiência na vacinação da população.

Para finalizar, Eduardo Pazuello garantiu que a partir de fevereiro haverá a vacinação em massa das população brasileira, ou seja, caso tudo dê certo a vacina estará disponível para todos os setores da sociedade em aproximadamente 70 dias.

LEIA TAMBÉM:

Ana Maria fala sobre seu adeus a TV e manda recado para os ‘fofoqueiros de plantão’

Luto: O Brasil chora a morte do cantor sertanejo Matheus, vítima da Covid-19

Fonte: Último Segundo

Escrito por Fabiana

Jornalista Web, compromisso com a verdade, criação de conteúdo de qualidade. Experiência nos mais diversos nichos, como por exemplo, TV e Famosos, atualidades, política, decoração, universo feminino, saúde, qualidade de vida, entre outros.

What do you think?