Ruibarbo: uma planta fantástica para sua saúde que você talvez não conheça

Você já ouviu falar do Ruibarbo? Incomum no Brasil esta plantinha de origem asiática pode trazer diversos benefícios para a saúde além de ser apreciada no exterior sendo usada em receitas como tempero e até consumida na forma de chá.

A planta, no entanto, deve ser manuseada com cuidado durante o preparo. Ao contrário da maioria dos vegetais que usamos rotineiramente, a parte que mais interessa para o consumo é o talo, enquanto as folhas devem ser descartadas. As folhas do Ruibarbo contêm ácido oxálico e, portanto, são tóxicas, podendo causar uma grave intoxicação alimentar quando consumidas

A história dessa plantinha é antiga. Muito utilizada no continente asiático desde a antiguidade, sua primeira descrição conhecida data de 2.100 a.C. no herbário chinês de Pen-King. Chegou à Europa no século 16 e de lá se espalhou pelo mundo. Embora o cultivo na Europa fosse possível as plantas de lá não eram tão eficientes quanto as da Ásia.

Sobre os benefícios a saúde, pode-se dizer que o mais notável é seu alto poder contra a prisão de ventre. Sendo rico em fibras ele auxilia na atividade intestinal e é uma ótima ferramenta conta a constipação.

A vitamina A, também é conhecida como retinol, é associada com a boa saúde dá visão e é essencial para a renovação celular e uma planta que tem esta vitamina aos montes é o Ruibarbo.

O Ruibarbo também contém vitamina K, que fortalece os ossos, Potássio, essencial para o bom funcionamento muscular e do sistema nervoso e antioxidantes que auxiliam o sistema circulatório e atrasam o envelhecimento.

Para se beneficiar dessa planta tão nutritiva você pode usá-la em chás, geleias, doces, tortas, Molho para carnes e a lista continua. Que tal experimentar?

Escrito por Fabiana

Jornalista Web, compromisso com a verdade, criação de conteúdo de qualidade. Experiência nos mais diversos nichos, como por exemplo, TV e Famosos, atualidades, política, decoração, universo feminino, saúde, qualidade de vida, entre outros.

What do you think?